Linda…

Infinitas noites – meus temores…
Estranhos pensamentos…
Doce e bela, invades o meu indefeso Ser !

Vejo-te em mim ( ou eu em ti… ),
Deliciado de tantas ternuras…
Encantado desse universo em que resides,
Inebriado de tua presença…

Absolutamente só !

Estranha energia
Que me transforma e agita…
Vejo-te em meus olhos ( ou nos olhos teus… ).
Seria, talvez, em nosso próprio sangue
Que, em um só corpo, se confunde e transita ?…

Estranha ilusão…

Interpenetrados seres, perdidos de amor…
Plena realidade de meus sonhos…
Expansão de consciência.

Tresloucado Ser,
Incapaz de se resguardar de si mesmo…
Simples ilusão de viver.
Silêncio, enfim… apenas isso…

Anúncios
por João Carlos Figueiredo Postado em Poesia

Aguardo sua resposta...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s