Diáfanos seres


Estranhas criaturas habitam nossas mentes…
Sensíveis, delicadas, espectrais, etéreas…
Compreendem-me as mensagens, ainda sem dizê-las,
Transmigram pensamentos, no afã de respondê-las…
Curiosas personagens, diáfanas, perenes…
Ao menos, posso tê-las!
 
Refratários seres compõem a realidade:
Silentes, altivos, incompreensíveis em sua majestade…
A que sois, afinal?
Ausentes…
Anúncios
por João Carlos Figueiredo Postado em Poesia

Aguardo sua resposta...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s